Volta do sarampo motiva nova campanha de vacinação

Vacina é destinada a pessoas de 15 a 29 anos e pode ser tomada até o fim de julho, no município de São Paulo

jorusp

Só neste ano foram confirmados 25 casos de sarampo na cidade de São Paulo. A volta da circulação do vírus motivou a instauração de uma nova campanha de vacinação, restrita aos paulistanos na faixa etária de 15 a 29 anos. O Jornal da USP no Ar conversou com a doutora Helena Sato, mestre e doutora pela Faculdade de Medicina (FM) da USP e diretora de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo, que explica a importância de se tomar a vacina.

A preocupação se deve em função da doença ser altamente contagiosa e poder levar à morte em alguns casos. A especialista conta que “o Brasil recebeu o certificado de erradicação do sarampo em 2016, mas infelizmente, com a ocorrência de sarampo em outros estados como Amazonas e Roraima – que agora já conseguiram controlar – esse vírus está circulando no município de São Paulo. Levando em consideração essa situação epidemiológica, a campanha é voltada aos paulistanos”.

Foto: Divulgação/Sociedade Mineira de Pediatria

O principal objetivo da campanha é aumentar a abrangência das áreas imunizadas. Helena explica que “a melhor forma de prevenção é se vacinar. Mesmo com a inclusão dessa vacina há mais de 20 anos no calendário de vacinação, as taxas de cobertura vacinal caíram, não atingindo a meta de  95% da população. Em 2017, a cobertura foi de 91% e, em 2018, considerando a vacina tríplice viral contra o sarampo, aplicada com um ano, foi de 80%. Considerando o elevado número de nascimentos e a grande população de São Paulo, essas diminuições são preocupantes”.

Para ser imunizado, é necessário ir a um posto de saúde no período da campanha e levar a carteira de vacinação. Caso a pessoa não tenha a carteira em mãos, os atendentes poderão oferecer as orientações adequadas. Helena explica os critérios para a validação da necessidade de tomar a vacina: “Nessa faixa etária, as pessoas já deveriam ter tomado duas doses da vacina do sarampo. Se as aplicações ocorreram na infância, na idade de acima de um ano, essas pessoas não precisarão ser vacinadas. Se a pessoa não tiver certeza se tomou as duas doses ou tiver tomado apenas abaixo de um ano de idade, solicitamos que compareça ao posto de vacinação mais próximo de sua casa”.

A campanha de vacinação ocorre do dia 10 de junho a 12 de julho, no município de São Paulo, para pessoas de 15 a 29 anos de idade. O chamado dia “D” será no dia 29 de junho.


Jornal da USP no Ar 
Jornal da USP no Ar é uma parceria da Rádio USP, Faculdade de Medicina e Instituto de Estudos Avançados. Busca aprofundar temas da atualidade de maior repercussão, além de apresentar pesquisas, grupos de estudos e especialistas da Universidade de São Paulo.
No ar de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.
Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •