Ventilador pulmonar Inspire é exemplo de sucesso da parceria entre USP e Marinha

O convênio entre a Escola Politécnica e a Escola de Engenharia da Marinha possibilitou a formação de profissionais capacitados, o desenvolvimento de projetos navais e o apoio aos laboratórios de pesquisa

 31/05/2021 - Publicado há 1 ano

 

O ventilador pulmonar Inspire, para tratar pacientes com covid-19, é o mais recente fruto da parceria entre a Escola Politécnica e a Escola de Engenharia da Marinha – Foto: Erika Yamamoto

 

Há 65 anos, a parceria entre Escola Politécnica (Poli) da USP e Escola de Engenharia da Marinha proporciona a formação de profissionais na área e o desenvolvimento industrial. O projeto mais recente é o Inspire, ventilador pulmonar para pacientes com covid-19. O convênio de formação técnica e científica foi firmado em 8 de maio de 1956 e deu origem ao primeiro curso de formação de engenheiros navais do Brasil.

Em entrevista ao Jornal da USP no Ar 1ª Edição, o comandante Paulo Rocha, coordenador do Centro de Estudos da Marinha em São Paulo, comenta que a parceria se deu no contexto de demanda crescente por projetos de engenharia na década de 1950. “Isso trouxe grandes benefícios para a sociedade, como, por exemplo, a criação de uma cultura tecnológica que estimulasse a indústria naval na época”, afirma. Bernardo Andrade, professor do Departamento de Engenharia Naval e Oceânica da Escola Politécnica (Poli) da USP, completa ao dizer que a área industrial brasileira necessitava da formação de engenheiros, o que só era possível em países estrangeiros. “O estabelecimento desse convênio trouxe para o País a capacitação em Engenharia Naval”, diz. No início, a marinha financiou a vinda de professores de grandes universidades estrangeiras para promover a formação dos professores da Poli. 

A parceria permitiu a formação de profissionais em diversas áreas da Engenharia, como a Mecatrônica e a Elétrica. “Isso possibilitou que a formação dos oficiais e do corpo de engenheiros da Marinha fosse realizada aqui na USP e no País”, afirma o comandante Rocha. “A Marinha ajudou a USP a formar a pós-graduação de Engenharia Naval”, acrescenta o professor Andrade. Desta forma, o convênio permite não só desenvolvimento tecnológico, mas também a capacitação de profissionais.

“Vários laboratórios da Escola Politécnica desenvolvem atividades com a Marinha”, ressalta Andrade. O professor cita exemplos como o Tanque de Provas Numérico (TPN), um laboratório de excelência da Universidade, o LabRisco e o Laboratório de Automação e Controle (LAC). “A pesquisa no Brasil sofre muito com a falta de continuidade e de recursos e a marinha sempre é um apoiador importante que garante e apoia a perenidade das atividades desses laboratórios na Poli”, afirma.

A parceria envolve projetos como os navios oceanográficos, de apoio logístico e escola, a produção de submarinos, geradores de energia e exploração sustentável dos recursos do mar. A Marinha também é uma das principais parceiras da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), destinada a jovens do ensino médio para promover a mentalidade científica.


Jornal da USP no Ar 
Jornal da USP no Ar é uma parceria da Rádio USP com a Escola Politécnica e o Instituto de Estudos Avançados. No ar, pela Rede USP de Rádio, de segunda a sexta-feira: 1ª edição das 7h30 às 9h, com apresentação de Roxane Ré, e demais edições às 14h, 15h e às 16h45. Em Ribeirão Preto, a edição regional vai ao ar das 12 às 12h30, com apresentação de Mel Vieira e Ferraz Junior. Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo do Jornal da USP no celular. 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.