Internet brasileira está mais veloz, mas abaixo da média mundial

Especialista avalia a qualidade dos serviços no País e mostra como é possível controlar o que é recebido em casa

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn26Print this pageEmail

Recentemente, a plataforma de transmissão on-line Netflix divulgou mais uma edição de seu ranking mensal de velocidade de internet no Brasil. Os dados são referentes ao mês de abril e elencam os seis melhores índices de conexão por operadora. Em primeiro lugar, está a Live Tim, que, com seu serviço de internet de fibra óptica, atingiu uma média de velocidade de conexão de 3,22 megabits por segundo (Mbps). Em último, está a Vivo Internet, com seus serviços de rede cabeado e DSL, a uma média de 2,09 Mbps.

De acordo com o último relatório sobre velocidade de conexão da empresa de internet americana Akamai, no quarto trimestre de 2016 a média de velocidade no Brasil aumentou mais que a média global. O aumento por aqui foi de 55%, enquanto no geral foi de apenas 26%. Apesar do aumento, a média da conexão no Brasil, que é de 6,4 Mbps, continua abaixo da média mundial, que é de 7 Mbps.

Para falar sobre o tema, a Rádio USP conversou com o professor Luli Radfahrer, professor-doutor de Comunicação Digital da Escola de Comunicações e Artes da USP e colunista da Rádio USP. Ouça o áudio acima.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn26Print this pageEmail