Variação na temperatura aumenta mortalidade

Rede de pesquisadores da área da saúde estuda as variações de temperatura em 320 cidades

Na coluna desta semana, o professor Paulo Saldiva comenta a relação entre temperatura e mortalidade. Quando os termômetros caem, infelizmente, é frequente notícias de moradores de rua mortos por conta do frio. No entanto, o professor Saldiva relata que essas mortes representam a menor parte do que acontece.

Uma rede de pesquisadores da área de saúde estuda as variações de temperatura no mundo, analisando 320 cidades, das quais 18 são acompanhadas pela USP, incluindo São Paulo. Foi constatado que há uma zona de conforto térmico, na cidade de São Paulo, que varia entre 18°C e 25°C. Quando a temperatura está fora dessa zona, 17°C por exemplo, a mortalidade pode aumentar em até 50%, comenta o professor.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Saúde e Meio Ambiente.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •