USP só tem a ganhar com o aumento da diversidade

Colunista destaca a importância da pressão exercida por movimentos negros em torno da questão

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  

Na coluna “Cidade para Todos” desta semana, a professora Raquel Rolnik trata da adoção do sistema de cotas sociais e raciais na USP, aprovada, no último dia 4, pelo Conselho Universitário (CO) da Universidade. “A Universidade só tem a ganhar com o aumento da diversidade, com uma política de reparação”, avalia.

Além de analisar a medida, Raquel fala sobre racismo, destaca a importância da organização e pressão exercida por movimentos negros em torno da questão e rebate argumento de que a adoção significa perda de qualidade de ensino.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados