Uso indiscriminado de medicamentos pode causar reação alérgica

Influenciam nessa condição a via de administração, a quantidade ministrada e a regularidade

  • 410
  •  
  •  
  •  
  •  

jorusp

Reação adversa a medicamento, segundo a Anvisa, é qualquer efeito nocivo, não intencional e indesejado de uma droga, observado nas doses terapêuticas habituais em seres humanos para fins terapêuticos, profiláticos ou diagnósticos. Mesmo algum produto ou substância a que você está acostumado pode provocar alergia. Para falar sobre o assunto, o Jornal da USP no Ar conversou com Fábio Morato Castro, professor de Imunologia Clínica e Alergia do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da USP e supervisor do Serviço de Imunologia e Alergia do Hospital das Clínicas.

De acordo com Castro, cada vez faz-se uso de um número maior de medicamentos. Isso leva ao aparecimento de diversas reações alérgicas. A alergia a medicamentos pode ser desencadeada pela predisposição genética, mas outros fatores também influenciam essa condição, como a via de administração, a quantidade ministrada e a regularidade. “A pessoa acha que vai ter alergia por medicamento que nunca usou. Ela normalmente vai ter reação alérgica àquele que ela usa frequentemente e irregularmente”, explica. Por conta disso, o professor cita que os medicamentos campeões dessa condição são os analgésicos e anti-inflamatórios, comuns por serem usados sem prescrição. Os sintomas que a reação alérgica pode causar vão desde reações na pele (urticária) à reação anafilática, podendo levar à morte.

Uso indiscriminado de medicamentos, como os antibióticos, além de poder causar alergias, leva também à resistência de bactérias – Foto: Ragesoss via Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0

Deve-se ficar atento ao fato de que muitos medicamentos com nomes comerciais diferentes contém as mesmas substâncias. Outro problema está na “reação cruzada”, quando um indivíduo apresenta reação alérgica a uma substância e, consequentemente, a diversas outras, causando reações alérgicas a medicamentos nunca antes ingeridos. Pensando nisso, Castro desenvolveu um aplicativo de celular gratuito chamado Alergia a Medicamentos. Ao colocar o nome do princípio ativo que o indivíduo tem alergia e o medicamento que ele deve tomar, o aplicativo dirá se ele pode tomá-lo ou não. “Se você ficar alérgico a um analgésico, vai ter que tirar do seu dia a dia centenas de medicamentos”. E completa:“A pessoa passa a achar que tem alergia a vários medicamentos, quando na verdade é quase o mesmo”.

O especialista reforça que o uso indiscriminado de medicamentos, como os antibióticos, além de poder causar alergias, leva também à resistência de bactérias. Além disso, acaba matando a flora intestinal, bactérias fundamentais para a digestão. “Muita gente tem problema de digestão, e pode ser apenas um descontrole da flora intestinal”, explica. A alergia causada por uso indiscriminado de medicamentos atrapalha o tratamento de doenças, uma vez que para algumas delas não existe um grande leque de possibilidades de outros remédios disponíveis. Ainda sim, há algumas alergias que podem ser tratadas, quando orientadas por um médico.

jorusp

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 410
  •  
  •  
  •  
  •