Uso da chupeta pode prejudicar dentição do bebê

Segundo especialista, cerca de 2/3 das mães usam a chupeta em qualquer país

  • 663
  •  
  •  
  •  
  •  

O uso da chupeta, um hábito muito difundido ao redor do mundo, é aceito por quase todos sem gerar discussões sobre sua eficácia junto ao bebê. Segundo a professora Alexandra Mussolino de Queiroz, da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (Forp) da USP, cerca de 2/3 das mães usam a chupeta em qualquer país, independente de religião, grau de instrução ou situação econômica.

A professora, no entanto, faz um alerta. Para ela, o uso da chupeta pode prejudicar a dentição em formação do bebê: “Quando a criança suga a chupeta, este hábito frequente e prolongado vai provocando alterações na musculatura orofacial na criança, por exemplo, na tonificação da musculatura, no posicionamento da língua, até mesmo no padrão da respiração, pois a criança passa a respirar mais pela boca”.    

Além disso, a professora diz que o uso da chupeta pode ser benéfico para os bebês em apenas alguns casos. Ela fala também quais são as chupetas fabricadas com materiais mais indicados e menos nocivos ao bebê.

Ouça a entrevista no link acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 663
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados