Unicef diz que 7 mil recém-nascidos morrem todos os dias

Relatório da Unicef faz alerta para a mortalidade infantil no mundo

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

No início deste ano, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lançou um alerta para a mortalidade infantil no mundo. Em 2016, 15 mil crianças morreram todos os dias antes de completar cinco anos de idade. Destas, 7 mil morreram nos primeiros 28 dias de vida.

Foto: Ernest F via Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0

O relatório revela ainda que a proporção de morte nos primeiros 28 dias de vida aumentou de 41%, em 2000, para 46% em 2016. Entretanto, o número de crianças que morrem antes dos cinco anos nunca foi tão baixo. Em 2000, eram 9,9 milhões de mortes, mas, em 2016, o número caiu para 5,6 milhões.

Para o professor Marco Antônio Barbieri, do Departamento de Puericultura e Pediatria da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, a idade gestacional e a restrição de crescimento estão entre as principais causas de mortalidade infantil no Brasil.

Por Giovanna Grepi

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados