Um livro para ler, ouvir e assistir

“Entre Pássaros e Cavalos (Marey, Muybridge e o pré-cinema )” narra o encontro de um fotógrafo e de um médico na criação do cinema

  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  

O artista e professor Raimo Benedetti lança, pela Editora Sesi, Entre Pássaros e Cavalos (Marey, Muybridge e o pré-cinema). O livro narra as trajetórias paralelas do cientista francês Éttiene-Jules Marey e Muybridge e seu encontro aos 51 anos.
Em sua coluna Ouvir Imagens (clique no player acima), a artista e professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, Giselle Beiguelman, destaca a importância da edição. “O livro tem prefácio de Patricia Moran, professora da Escola de Comunicações e Artes da USP. Parte de uma coincidência, a data de nascimento, 1890, e morte, 1904, desses dois personagens essenciais para compreender a história do cinema e da fotografia contemporânea.”
Giselle explica que o fisiologista francês Étienne-Jules Marey é o inventor da cronofotografia, e o fotógrafo inglês, radicado nos EUA, Eadweard Muybridge é o pai da fotografia instantânea e sequenciada. “São famosas na internet hoje as séries de Muybridge que decupavam o movimento de cavalos correndo”, conta. “Na época, a marcha de um cavalo era a fonte de informação para a criação de um motor e poderia responder perguntas-chave para a mecanização da produção. O objetivo era capturar o momento em que o cavalo estava com quatro patas no ar, que é o ponto de mais alta potência. Esse processo é impossível de registrar a olho nu e a fotografia ainda era um processo extremamente lento e manual e Muybridge teve que mecanizar esse processo.” Para realizar a série, o fotógrafo instalou 12 câmeras lado a lado, fazendo fotos sequenciais. “São esses experimentos de Muybridge que inspiraram o cientista Marey a utilizar a câmera como instrumento de laboratório.”
Giselle pontua: “É um livro fundamental para compreender a história das imagens técnicas nas suas interlocuções com a indústria e a ciência. Uma história que desemboca nessa arte decisiva da experiência visual do nosso tempo, o cinema.”

Quem quiser saber mais sobre o livro Entre Pássaros e Cavalos (Marey, Muybridge e o pré-cinema), de Raimo Benedetti, acesse: www.desvitual.com.

  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados