Trump e Putin deixam o mundo atordoado

No encontro de Helsinque, na Finlândia, os dois presidentes ficaram sozinhos e ninguém sabe sobre o que trataram

 

O tema desta edição da professora Marília Fiorillo comenta sobre o encontro secreto de Trump e Putin, em Helsinque, na Finlândia, que deixou o mundo atordoado e muitos republicanos enfurecidos.

“O que Donald Trump e Vladimir Putin discutiram por duas horas e meia sozinhos em uma sala fechada, sem a presença de seus assessores em Helsinque? Democratas e republicanos estadunidenses estão em polvorosa com essa diplomacia sem precedentes. Se ouve por todo canto o eco: traição, traição. A pergunta continua: o que foi dito na conversa franca e direta entre homens de índoles tão parecidas? Sabemos que não foi a questão da Ucrânia, nem o genocídio sírio, muito menos o problema dos refugiados, pois os dois são indiferentes a uma crise que afeta os outros, isto é, afeta a União Europeia”, analisa Marília.

Ouça, no link acima, a íntegra da coluna Conflito e Diálogo.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 1
  •  
  •  
  •  
  •