Troca no comando da PF sinaliza arrefecimento da Lava Jato

É no que acredita o cientista político André Singer, na opinião de quem o governo Temer procura conter a Lava Jato

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A troca de comando da Polícia Federal pelo presidente Michel Temer é o tema da coluna desta semana do cientista político André Singer. Para o colunista, tudo aponta na direção de um arrefecimento da Operação Lava Jato. “Parece claro”, argumenta Singer, “que esse governo é um governo que tem entre os seus itens de programa uma procura de contenção da Operação Lava Jato”.

Ele acha prematuro fazer qualquer previsão a respeito do futuro da Lava Jato, mas acredita que a operação não vai acabar. O que pode acontecer, em sua opinião, é que ela “vá sendo lentamente desidratada, ela sofra uma espécie de redução do seu ímpeto”. Acompanhe o comentário, na íntegra, clicando no link acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados