Treinar em excesso pode causar redução de rendimento

Paulo Roberto Pereira Santiago explica o que é e quais são os sintomas do overtraining e overreaching

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Na coluna “Ciência e Esporte” desta semana, o professor Paulo Roberto Santiago fala sobre os problemas do treino em excesso para os atletas. Esses fenômenos são conhecidos como overtraining, estado de super treinamento, e o overreaching, o estágio anterior ao overtraining. Entre os sintomas estão a perda do condicionamento físico, perda da qualidade de sono e sensação de fadiga crônica.

Normalmente os atletas não relatam essa fadiga crônica aos seus treinadores e equipes, por medo de perder posição ou serem afastados. Pois o principal método de recuperação é o repouso. Ele cita o caso clássico de Fidípides, soldado ateniense que correu para avisar os Espartas sobre a vitória da Grécia sobre os Persas, que chegou tão exausto que acabou falecendo. Esse é o primeiro relato de excesso de treinamento que chegou a uma situação não muito feliz.  Ouça no link acima a íntegra da coluna do professor Paulo Roberto Pereira Santiago.

Por Rose Talamone

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados