Trabalhar ou estudar no exterior requer conhecimento da cultura local

Não basta só falar a língua do país, é preciso também levar na bagagem informações sobre o Brasil

 10/07/2019 - Publicado há 2 anos
Por

Números recentes do Relatório Internacional de Migração do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da Secretaria das Nações Unidas mostram que 1,6 milhão de brasileiros viviam no exterior na primeira metade de 2017. Houve um aumento de 3,5% em relação a 2015. Mas sair do País requer uma série de cuidados. Entre os mais importantes está falar pelo menos a língua inglesa. Caso vá trabalhar em uma empresa onde não se usa o inglês, fala-se, por exemplo, japonês, também é necessário falar fluentemente essa outra língua lembra Kavita Miadaira Hamza, professora do Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP e coordenadora do Escritório Internacional da FEA/USP.

 

Ouça a íntegra da matéria, com a repórter Simone Lemos, no link  acima.

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.