Pegar empréstimos bancários exige organização e planejamento

Instituições financeiras possuem modalidades atrativas para financiamento, com características para casos específicos

Na primeira edição desta semana do boletim Em dia com o Direito, o aluno Caio Tolentino explica sobre financiamento e quais são os cuidados prévios antes de firmar um contrato com as instituições financeiras, que possuem várias modalidades para pessoas físicas e jurídicas.

O financiamento é uma operação financeira em que a parte financiadora, em geral o banco, fornece recurso para outra parte, para que esta possa executar algum investimento específico, antecipadamente acordado. As modalidades de financiamento para pessoas físicas e jurídicas têm características que as tornam mais adequadas a casos específicos. Segundo Tolentino, para não cair em enrascada, algumas medidas devem ser tomadas, como: pesquisar a empresa financiadora, organizar as finanças e preparar-se, pois em caso de falta de pagamento a dívida aumenta e pode culminar em ação judicial.

O Em dia com o Direito é produzido e apresentado por alunos do curso de especialização em Direito Civil: Novos Paradigmas Hermenêuticos nas Relações Privadas e coordenado pelo professor Nuno Coelho da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FDRP) da USP.  

Ouça, no link acima, a íntegra do boletim.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 2
  •  
  •  
  •  
  •