Titi Vidal é a convidada desta semana do Diversidade em Ciência

“Os povos árabes são historicamente importantes conhecedores e fundantes da astronomia, matemática, filosofia e influenciaram a formação cultural e científica dos antigos europeus”, afirma a pesquisadora

 09/11/2020 - Publicado há 1 ano
Por

Na edição de hoje o professor Ricardo Alexino Ferreira entrevista a pesquisadora Ana Cristina Vidal de Castro Ortiz, também conhecida como Titi Vidal. Ela explica como a astrologia aparece nas mídias e como atua na compreensão da vida humana e suas diferentes narrativas.

Os povos árabes são historicamente importantes conhecedores e fundantes da astronomia, matemática, filosofia e influenciaram sobremaneira a formação cultural e científica dos antigos europeus. O conhecimento dos povos árabes em relação à astrologia está associado a princípios matemáticos, astronômicos, filosóficos e culturais, dentre outros. “A astrologia é vista pelos árabes como a dinâmica do conhecimento de todas essas áreas científicas e vai muito além do horóscopo, uma redução midiática ocidental a um conhecimento muito mais amplo”, afirma Titi Vidal.

A pesquisadora também explica que os estudos da astrologia e suas interfaces com a mitologia e a mídia se constituem um campo científico consolidado a partir de teóricos como Joseph Campbell, Carl Jung, Edgar Morin, Renato Janine, Vladimr Propp, Lúcia Leão, Malena Contrera, Daniela Osvald Ramos, Claude Fischler, Norval Baitello Júnior, Paul Feyerabend, Mircea Eliade, dentre outros.

Para entender a interface da astrologia com a comunicação, Titi Vidal elaborou a dissertação Narrativas do céu: a presença da astrologia nos meios de comunicação, no Programa de Pós-Graduação Comunicação na Contemporaneidade da Faculdade Cásper Líbero, na linha de pesquisa Produtos Midiáticos: Comunicação, Jornalismo e Entretenimento, sob orientação de Duicília Buttoni, professora aposentada da ECA-USP.

Titi Vidal tem uma trajetória importante no cenário da astrologia, além de pesquisadora desse campo, também é conhecida astróloga brasileira, tendo participado, durante vários anos, semanalmente, do programa de televisão Mulheres, veiculado na TV Gazeta.

O Diversidade em Ciência é um programa de divulgação científica, voltado para as ciências das diversidades e direitos humanos e vai ao ar toda segunda-feira, às 13 horas, com reapresentações às terças-feiras, às duas horas da manhã e aos sábados, às 14 horas, com direção e apresentação do jornalista e professor da ECA-USP e membro da Comissão de Direitos Humanos da USP Ricardo Alexino Ferreira e operação de áudio de João Carlos Megale. O programa é gravado no estúdio do Departamento de Comunicações e Artes/Educomunicação da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.

A Rádio USP-FM pode ser sintonizada em 93,7 MHz/SP ou pelo link http://www.radio.usp.br/?page_id=5404


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.