Teste do bafômetro não é obrigatório, mas pode gerar multa

Para além desse, outros meios são aceitos para comprovar a embriaguez do motorista

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


A Lei Seca nº 11.705 foi criada para punir motoristas que dirigem alcoolizados. Atualmente, a tolerância é de 0,05 miligramas de álcool por litro de sangue. Para isso, é utilizado um aparelho bastante conhecido pela população, o bafômetro.

Muitos motoristas se recusam a fazer esse teste no momento da abordagem. Daniel Pacheco Pontes, professor da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FDRP) da USP, afirma que o condutor não é obrigado a fazer o teste, porém, a recusa implica uma multa administrativa de trânsito.

O professor salienta que a embriaguez pode ser constatada por qualquer meio de prova admitida em direito. Pontes fala que, no caso da recusa, pode ser usado como prova o depoimento dos policiais e filmagens da pessoa. “Ela se recusar a fazer o bafômetro não significa que ela não terá responsabilidade criminal”, conclui.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •