Terrorismo: como prevenir?

Ameaças de terrorismo avançam e é difícil aos governos antecipá-las. É preciso enfrentar os problemas geopolíticos e atacar as causas, avalia colunista

As ameaças de terrorismo surgiram com mais intensidade no mundo a partir  da instabilidade no Oriente Médio, ocasionada sobretudo com a Guerra do Iraque,  a invasão americana, o desmantelamento do exército de Saddam Hussein e o aparecimento de grupos como a Al-Qaeda, o Talibã e, mais recentemente, o autodenominado Estado Islâmico. O terrorismo se expandiu, passando a ameaçar a Europa.

A maneira como são desenvolvidos os ataques torna difícil aos governos adotar formas de prevenção. Para enfrentar esses problemas nos próximos anos, é preciso atacar as causas: situação do Oriente Médio, conflito de Israel com a Palestina,  guerra na Síria, e resolver o problema dos Estados falidos e dos conflitos dos imigrantes com os nativos das cidades.

Ouça o comentário do embaixador Rubens Barbosa no link acima.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.