Terceirização pode prejudicar os trabalhadores

Pesquisador acredita que fatores como salário, carga horária e número de acidentes podem ficar prejudicados com a terceirização

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na segunda edição do boletim Em Dia com o Direito desta semana, o tema é Direitos Trabalhistas, que, segundo alguns especialistas, contou com um retrocesso no ano de 2018.

“ Num processo histórico recente marcado por retração nos direitos consubstanciados na Reforma Trabalhista e na Lei da Terceirização, o STF decidiu pela constitucionalidade da terceirização da atividade-fim de uma empresa.” É a avaliação do sociólogo e professor da Unicamp, Ricardo Antunes. Para o professor, “a terceirização gera alguns impactos no mundo do trabalho, como a diminuição dos salários, o aumento no tempo trabalhado, um aumento no número de acidentes e a divisão da classe trabalhadora”.

Em Dia com o Direito é produzido e apresentado por alunos do curso de especialização em Direito Civil: Novos Paradigmas Hermenêuticos nas Relações Privadas e coordenado pelo professor Nuno Coelho, da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FDRP) da USP.  

Ouça, no link acima, a íntegra do boletim.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados