Terapia assistida com cães muda rotina de crianças hospitalizadas

Alegria, motivação e interação ao tratamento são alguns dos resultados obtidos por meio desse recurso terapêutico

  • 1,1K
  •  
  •  
  •  
  •  

Tratamentos prolongados devido ao fato de lidarem com doenças de alta complexidade podem ser entediantes, desgastantes e, até mesmo, depressivos, para crianças e adolescentes internados no Instituto da Criança da USP. O uso de animais durante esse processo pode fazer toda a diferença. A ONG Cão Terapeuta, especializada no desenvolvimento desse trabalho utilizando animais, é muito criteriosa em sua realização. Os animais são preparados para lidar com crianças desde bebê, e o resultado costuma ser muito bom. Os dias de visita, com uma hora de duração, mudam totalmente a rotina dos pacientes infantis, que recebem os bichinhos com muita alegria e expectativa. A Rádio USP conversou a respeito com Jussara Oliveira Zimmerman, coordenadora da assistência de humanização do Instituto da Criança.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 1,1K
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados