Tecnologia de dispositivos cada vez mais substitui relações humanas

Para Wisnik, pulseiras que funcionam como cartões de crédito são um falso instrumento de liberdade

Equipamentos que ocupam lugar de pessoas. Indivíduos que são localizados em qualquer lugar através do rastreamento tecnológico. Sejam as pulseiras inteligentes ou as tornozeleiras eletrônicas, a pergunta que fica é: até que ponto as relações interpessoais estão sendo substituídas pela “assepsia” dos artefatos tecnológicos?  O colunista Guilherme Wisnik faz uma análise do tema na sua coluna semanal para a Rádio USP.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.