Banco Central decide manter juros, apesar da incerteza cambial

Presidente do Banco Central surpreende mercados e usa reservas

O Banco Central, guardião da moeda brasileira, surpreendeu os mercados.  O presidente Ilan Goldfajn anunciou que não vai subir os juros para defender o real da desvalorização frente ao dólar. A opção agora é usar as reservas cambiais para atender à demanda especulativa dos investidores que apostam contra a moeda brasileira. Segundo o professor Gilson Schwartz, “essa é uma mudança de modelo, de paradigma, mais pragmática”. Agora, resta esperar para ver se o Banco Central vai convencer os especuladores, pois muitos acreditam que as reservas, mesmo em nível recorde, jamais devem ser usadas sob o risco de provocar ainda mais incerteza.

Textos relacionados