Sustentabilidade e saúde andam juntas e buscam soluções

Paulo Saldiva comenta que somos parte de um sistema global que hoje cobra o preço da inação que temos há algumas décadas

 02/08/2021 - Publicado há 4 meses
Por

O professor Paulo Saldiva comenta a crise hídrica que vai se acentuar ao longo do ano. Para ele essa crise já era prevista há mais de sete anos e acabou chegando sem nenhuma posição definitiva de reformulação da matriz energética, sem levar em conta a possibilidade de geração de energia local, energia eólica, solar, biomassa e principalmente pela redução do consumo energético através de tecnologias de mobilidade e processos mais eficientes de produção.

Saldiva propõe que tenhamos uma reação rápida e eficiente e reflete: “Toda redução de água leva a uma consequência de piora da qualidade da água. Os volumes dos reservatórios têm maior acúmulo de resíduos, os rios, por falta de eficiência no saneamento de esgoto com as impurezas que chegam diariamente, ficam mais concentrados gerando aumento dos surtos de diarreia, aumento no numero de insetos, daí as doenças geradas por vetores, como chikungunya e dengue, que se tornam mais frequentes causando impacto à saúde.

Sustentabilidade e saúde andam de braços dados e hoje procuram um espaço caminhando juntas e buscando soluções que lhes confiram melhoras. “Quando perdemos sustentabilidade, perdemos saúde. Só para lembrar que somos parte de um sistema global que hoje cobra o preço da inação que temos há algumas décadas”, diz Saldiva.


Saúde e Meio Ambiente
A coluna Saúde e Meio Ambiente, com o professor Paulo Saldiva, vai ao ar toda segunda-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

.

 

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.