Substitutivo aprovado pela Câmara altera dispositivo do Plano Diretor

O substitutivo mudou a destinação dos recursos do Fundurb, o que contraria os objetivos do Plano Diretor

A Câmara Municipal de São Paulo introduziu no Plano Diretor de São Paulo os chamados “submarinos”, projetos de lei que não têm a ver com os temas discutidos e são colocados em votação para serem aprovados na surdina. Um projeto de lei que revisava os chamados planos de melhoramentos viários (leis que definem onde serão realizadas futuras expansões, alargamentos de vias etc.) teve aprovado, sem debate, um substitutivo que “altera um dispositivo muito importante do Plano Diretor, que é a destinação dos recursos do Fundurb” (Fundo de Desenvolvimento Urbano). Ou seja, o destino dos recursos foi mudado, contrariando os objetivos do Plano Diretor.

A professora Raquel Rolnik comenta esse assunto em sua coluna semanal para a Rádio USP e alerta que esse substitutivo precisa ser vetado pelo prefeito, ou será anulado pela Justiça.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Cidade para Todos.


Cidade para Todos
A coluna Cidade para Todos, com a professora Raquel Rolnik, vai ao ar toda quinta-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •