Só investimento pode solucionar problema do desemprego, que ainda persiste

O professor Gilson Schwartz analisa o último boletim do Iedi sobre o desempenho da economia nacional

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A última edição da carta do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi) faz menção ao processo, ainda muito lento, de retomada do crescimento da economia brasileira. Apesar dos tímidos indícios de recuperação, a incerteza ainda dá o tom, muito em função do desemprego, cujo índice, que continua elevado, é um importante entrave ao crescimento da economia. É bem verdade que o desemprego sinalizou com certa melhora, mas em ocupações sem carteira assinada.

De acordo com o professor Gilson Schwartz, um desafio se impõe de imediato: como recuperar os níveis de emprego de forma rápida e intensa? A única maneira de responder a essa questão e de gerar empregos com carteira assinada reside numa palavra-chave: investimento. “Enquanto não houver recuperação do investimento de longo prazo não há esperança de uma retomada rápida do emprego para o Brasil”, afirma Schwartz em sua coluna “Iconomia”.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados