Sexo e esporte nem sempre combinam

Segundo o professor Paulo Santiago, excesso de álcool e noite sem sono interferem no rendimento esportivo

 20/10/2017 - Publicado há 4 anos

Na coluna “Ciência e Esporte” desta semana, o professor Paulo Roberto Santiago fala sobre o impacto da relação sexual no rendimento esportivo.  A polêmica existe desde a Antiguidade e estudos apontam que a relação um dia antes ou na noite anterior à atividade não apresenta efeitos negativos no desempenho. Entretanto, o professor alerta que, se o atleta for participar de maratonas longas, pode ter prejuízos. Além disso, Santiago diz que, muitas vezes, o sexo é associado ao uso excessivo de álcool e noite sem sono e esses hábitos podem afetar o desempenho. Ouça no link acima a íntegra da coluna do professor Paulo Roberto Pereira Santiago.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.