Semipresidencialismo volta a ser discutido no Brasil

Para o colunista André Singer, caminhar em direção a esse sistema político é um erro

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O  semipresidencialismo é o sistema político em vigor na França – o presidente divide poderes com o primeiro ministro. Nesse sistema, o presidente tem maioria parlamentar e indica o primeiro ministro. Essa proposta funciona, na teoria, como uma divisão de poderes no executivo. A dúvida, porém, é saber se o semipresidencialismo funcionaria no Brasil.

Um tema para o comentário do  cientista político André Singer, o qual considera que o País, pelo menos no atual momento, não deve fugir da tradição política do presidencialismo, sob risco de agravar a atual crise política. Ouça no link acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •