Seminário sobre a digitalização do dinheiro introduz a Global Mil Week

A campanha pela alfabetização midiática e informacional vai utilizar, como um instrumento de divulgação, a emissão de moedas digitais, ou seja, meios de pagamento que dispensam o uso do dinheiro

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Ouça a entrevista da repórter Marcia Avanza com o professor Gilson Schwartz, da Escola de Comunicações e Artes da USP:

logo_radiousp_790px
.
O seminário A Reinvenção do Dinheiro e a Emergência de Moedas Criativas, a ser realizado nesta quinta-feira, no Instituto de Estudos Avançados da USP, dá início à campanha Mil Clicks de monetização de projetos, criada e coordenada pelo professor Gilson Schwartz, da Escola de Comunicações e Artes da USP. A campanha, desenhada pelo grupo de pesquisa Cidade do Conhecimento da USP, em parceria com Dentsu Aegis Network e Unesco, integra um evento ainda maior. Trata-se do programa Media and Information Literacy (MIL) da Unesco, cuja agenda – voltada às parcerias globais pela alfabetização midiática e informacional – inclui a realização de sua primeira Assembleia Geral sobre o tema.

Celular como fonte de dinheiro - Foto: Creative Commons
Celular como fonte de dinheiro – Foto: Creative Commons

A Global Mil Week 2016 será sediada na Escola de Comunicações e Artes da USP (ECA-USP), de 2 a 6 de novembro. De acordo com o professor Schwartz, a Unesco mobiliza atores em várias áreas da sociedade em prol de uma aliança global pela alfabetização midiática informacional. “Numa sociedade que prima pela tecnologia digital”, argumenta, “tudo vira informação, inclusive nossa relação com as outras pessoas é mediada pelas redes sociais”. Nada mais natural, portanto, que as pessoas estejam capacitadas para lidar com essa realidade que se impõe com cada vez mais força. Para Schwartz, a alfabetização midiática tornou-se um direito humano fundamental.

“O objetivo da Unesco é movimentar o planeta todo em direção a essa competência de leitura, de utilização e de produção criativa da internet e de outras mídias”, revela o professor da ECA, também colunista da Rádio USP. Daí a relevância do seminário previsto para acontecer nesta quinta-feira, em uma iniciativa da Pró-Reitoria de Pesquisa da USP. A ideia é trazer especialistas das engenharias, humanidades e artes para discutir, em três rodas de conversa, o significado e o impacto das moedas digitais na civilização tecnológica. Tecnologias de Informação e Comunicação, Inovação e Cidades é o tema da primeira sessão; na sequência, os participantes debatem Economia e Política na Sociedade do Espetáculo Audiovisual Digital ; e, por último, os interesses se voltam para o tema Mídia, Informação e Cidadania como Moedas na Economia da Cultura. O encontro no IEA é gratuito, aberto aos interessados e terá transmissão ao vivo pela internet. Para outras informações, o site disponível é sites.usp.br/milclicks .

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados