Satélites embarcam em viagem de sete anos para Mercúrio

Para colocar os satélites na órbita do planeta, missão enfrenta dificuldade trazida pela proximidade de Mercúrio do Sol

  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  

 

Bepicolombo – Imagem: ESA/ATG medialab

Com o objetivo de explorar o planeta Mercúrio, uma missão conjunta da Agência Espacial Europeia (ESA) e da Agência Japonesa de Exploração Aerospacial (Jaxa) lançou, no último dia 19 de outubro, dois satélites, que levarão sete anos para chegar nas proximidades do planeta. Nesta edição de sua coluna, o professor João Steiner conta detalhes sobre o projeto, chamado de BepiColombo, que promete trazer muitas informações sobre um dos planetas mais misteriosos do nosso Sistema Solar – entre outras coisas, por ter uma estrutura incomum e dispor de gelo escondido em crateras.

Ouça a coluna Entender Estrelas clicando no player acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados