Saiba como funciona o procedimento pericardiocentese

Procedimento é considerado emergência cardíaca e causa pode ser fatal quando não diagnosticada e tratada rapidamente

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Nesta edição do Anatomia Responde, o professor Luis Fernando Tirapelli descreve outra importante sintopia localizada no segmento tórax, a relação anatômica entre a incisura cardíaca do pulmão esquerdo e a parede torácica nos casos da necessidade de uma pericardiocentese.

O professor Tirapelli explica que, “o tamponamento cardíaco é o acúmulo de líquido pericárdico, sangue, pus ou ar dentro do espaço pericárdico que ocasiona elevação da pressão intrapericárdica, restringindo o enchimento cardíaco e reduzindo o débito cardíaco”.

Tirapelli diz que é considerada emergência cardíaca e pode ser fatal quando não diagnosticada rapidamente e tratada imediatamente. “Assim, nos casos de tamponamento cardíaco agudo causado por hemopericárdico, ou seja, acúmulo de sangue por perfuração das câmaras cardíacas, pode se realizar uma toracotomia, que é a abertura da parede torácica de emergência, para então fazer incisão no saco pericárdico e aliviar imediatamente o tamponamento, estabelecendo a estase ou estancamento da hemorragia, ou seja, interrompendo a perda de sangue do coração.”    

O boletim Anatomia Responde é produzido pelo professor Luis Fernando Tirapelli da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP e pode ser conferido na íntegra no áudio acima.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados