Safra de grãos deve bater recorde este ano

Segundo IBGE, aumento da safra deve ser de 21,8% em relação ao ano passado, mesmo com problemas de infraestrutura

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn2Print this pageEmail

 

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Os muitos problemas que o agronegócio enfrenta, como precária infraestrutura para escoamento de safra e burocracia estatal, não é suficiente para apagar o brilho da produção agrícola.

O IBGE divulgou nessa quinta-feira, dia 9, a previsão da safra de grãos que deve aumentar este ano nada menos do que 21,8 por cento em relação a 2016. Devem ser colhidas 224 milhões e 200 mil toneladas de grãos. No ano passado, foram colhidas 184 milhões de toneladas.

A super safra de grãos, o arroz, o milho e a soja respondem por 93 por cento da estimativa de produção e por 87,1 por cento da área a ser colhida.

Segundo o IBGE o estado de Mato Grasso continua como o maior produtor brasileiro de grãos, com participação de 24,3 por cento. Paraná e Rio Grande do Sul vêm em seguida. Os três juntos, respondem por 60 por cento da produção nacional de grãos.

Para o professor Marcos Fava Neves, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEARP) da USP de Ribeirão Preto, diz que a notícia mostra a força do agronegócio mesmo com a morosidade do estado brasileiro em resolver problemas estruturais.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn2Print this pageEmail

Textos relacionados