A contribuição dos brasileiros que estudam os Estados Unidos

Revista USP traz artigos sobre americanistas, os brasileiros que melhor entenderam os Estados Unidos da América

.
Na comunidade acadêmica brasileira, o trabalho de brasilianistas, os autores americanos que estudam o Brasil, é mais conhecido do que o dos americanistas, que fazem a via inversa.” Segundo o professor de Literatura Brasileira da FFLCH e ensaísta Antônio Dimas, que contribui para a edição, há preconceito na universidade brasileira em estudar os EUA. Atenuar um pouco essa situação é a proposta da nova edição da Revista USP.

Sobre a edição, além de Dimas, falaram ao Jornal da USP o jornalista Carlos Eduardo Lins da Silva (organizador do dossiê) e Francisco Costa, editor da revista.

Eles trataram sobre alguns dos artigos contidos na publicação e da importância dos estudos sobre os EUA. Para Lins da Silva, conhecer os EUA é importante tanto para quem gosta quanto para quem não gosta desse país.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •