Ressonância magnética diferencia AVC de Ataque Isquêmico Transitório

O exame apresenta sensibilidade para detectar as alterações que identificam as duas condições

Nesta edição da coluna Minuto do Cérebro, o professor Octávio Pontes Neto fala sobre o exame que diferencia o Acidente Vascular Cerebral (AVC) de  um Ataque Isquêmico Transitório (AIT).

Pontes Neto explica que, quando um paciente apresenta sintomas de AVC, ou seja, déficits neurológicos focais, e esses sintomas se revertem espontaneamente, sem deixar sequelas nos exames de neuroimagem, pode ser considerado como Ataque Isquêmico Transitório.  

Ainda de acordo com o professor, o exame de ressonância magnética é ideal para identificar e diferenciar as duas condições. Essa avaliação apresenta grande sensibilidade para detectar as alterações precoces do AIT e os pacientes que apresentam maiores alterações passam a ser classificados com AVC. 

Ouça acima, na íntegra, a coluna Minuto do Cérebro.


O minuto do Cérebro
A coluna O minuto do Cérebro, com o professor Octávio Pontes Neto, vai ao ar toda terça-feira às 9h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.