Renovabio vai melhorar produção sucroalcooleira

Para colunista, a regulamentação incentiva a eficiência e estimula a inovação no setor

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O setor sucroalcooleiro prevê um aumento da produção do etanol e uma elevação no porcentual do biodiesel no diesel comum – isso por conta do Renovabio, que regulamenta a política nacional de biocombustíveis. Para o professor José Goldemberg, esse quadro é favorável para o setor, pois tende a “premiar” os mais eficientes e estimular a inovação. Na coluna desta semana, ele também destaca que uma questão que ainda está em aberto é quem pagará a conta, pois, além dos custos das certificações, serão necessários investimentos na área.

Ouça, no link acima, a íntegra da coluna Energia.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados