Relação da visão com a arte reúne estética e talento

Professor Eduardo Rocha fala sobre questões técnicas, evolução da pintura e a interpretação visual

  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  

Na coluna Fique de Olho desta semana, o professor Eduardo Rocha fala sobre a relação da visão com a arte, tema que reúne tanto a estética como o talento dos artistas, aspecto da óptica e o sentido da visão, seja na pintura ou nas esculturas, no que se refere à interpretação visual.

Rocha cita Israel Pedrosa, pintor mineiro, discípulo de Portinari que estudou na Escola de Belas Artes de Paris; além de professor, foi escritor e traduziu livros. O professor recomenda um dos seus livros, O universo da cor, que fala da evolução técnica de Leonardo da Vinci e dos princípios da visão relacionados à nossa percepção de cores. “O aspecto da função visual da recepção de cores é tratado como uma homenagem ao  oftalmologista carioca Adalmir Mortera Dantas, que também deixou vários escritos a respeito da fisiologia visual e de doenças oculares.”

Rocha faz mais uma recomendação para quem quiser se aprofundar nessa intrigante interface entre a sensação visual, as artes e a óptica das cores: a leitura do livro Da cor a cor inexistente.

Ouça acima, na íntegra, a coluna Fique de Olho.

  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados