Reforma da Previdência tem impacto na atividade econômica

Nakabashi afirma que os gastos com a Previdência impactam diretamente no déficit do PIB brasileiro

 25/10/2017 - Publicado há 4 anos

Na coluna “Reflexão Econômica” desta semana, o professor Luciano Nakabashi fala sobre o fato de a reforma da Previdência ainda estar em primeiro plano na pauta do governo. Para o professor, dessa reforma depende o avanço da economia, uma vez que o peso dos gastos com a Previdência é de cerca de 3,7% do PIB, que hoje tem um déficit em torno de 9%, mas com expectativa de redução para o próximo ano.

Para o professor, a eleição do próximo ano será o grande evento em termos políticos e deve impactar diretamente na economia. “Se tivermos um governo mais populista, as expectativas devem ser revertidas e os impactos muito mais sensíveis em 2019. A manutenção das reformas é essencial para um crescimento sustentável. Nesse sentido, a eleição do próximo ano é elemento fundamental para a trajetória  da economia brasileira.”  Ouça no link acima a íntegra da coluna do professor Luciano Nakabashi.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.