Redes sociais podem aumentar crise da imprensa

Reportagens são compartilhadas nas redes sociais sem que o lucro reverta para as imprensas jornalísticas, diz colunista

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

Recentemente, a News Media Aliance – que reúne mais de 2 mil jornais dos Estados Unidos e Canadá – advertiu sobre o “duopólio” formado por Google e Facebook. A organização destaca que o domínio que as duas empresas de tecnologia têm na difusão de notícias e publicidade da internet torna o futuro do jornalismo insustentável.

Na coluna desta semana, o professor e jornalista Carlos Eduardo Lins da Silva comenta esse caso e discute o papel das redes sociais na divulgação dos conteúdos jornalísticos.

Ouça na íntegra.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados