Cerca de 40% das mulheres já sofreram assédio no transporte público

É o que mostram os dados de uma pesquisa comentada pela professora Raquel Rolnik em sua coluna para a Rádio USP

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  

 

Na edição de hoje, a professora Raquel Rolnik comenta os dados de uma pesquisa realizada pelo Laboratório Espaço Público e Direito à Cidade (LabCidade), da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP e coordenada pela professora Paula Santoro. A pesquisa aponta que 41% das mulheres entrevistadas sofreram algum tipo de assédio nos transportes ou espaço público.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Cidade para Todos.

 

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados