Proposta de revisão da Lei de Zoneamento favorece setor imobiliário

A opinião é da professora Raquel Rolnik, para quem a Prefeitura está sendo paradoxal em sua proposta

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Prefeitura Municipal está encaminhando à Câmara de Vereadores uma proposta de revisão da Lei de Zoneamento, aprovada muito recentemente, ou seja, em 2015. “Basicamente, […] ela é mais permissiva em relação às possibilidades de construção nos lotes para o mercado, para os empreendimentos imobiliários”, afirma a professora Raquel Rolnik em sua coluna Cidade para Todos. Ou seja, a proposta de revisão elimina uma série de restrições previstas na Lei de Zoneamento ora em vigor.

Para a colunista, parece estar havendo um “black friday” no setor imobiliário de São Paulo, o que significa que a Prefeitura está renunciando a um enorme volume de recursos públicos, uma vez que a lei oferece vários descontos para os empreendedores do setor imobiliário. E justamente em um momento em que o poder público municipal se queixa da falta de dinheiro.

Acompanhe o comentário da professora Raquel Rolnik no link acima.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados