Programa da USP Jovem Doutor melhora índice de educação em Santos

Iniciativa da Faculdade de Medicina permite uso de ferramentas tecnológicas para aulas de Ciências

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

O programa Jovem Doutor, desenvolvido e mantido pela disciplina de Telemedicina da Faculdade de Medicina (FM) da USP, tem colaborado para a melhora do ensino em escolas públicas de alguns municípios do Brasil.

Segundo o coordenador do programa e professor da disciplina, Chao Lung Wen, o município é um dos destaques. Ele explica que o objetivo do Jovem Doutor é formar alunos com mentalidade cidadã e desenvolver o espírito de curiosidade de alunos do ensino fundamental 2. O professor conta que o uso de tecnologias nas aulas é um dos principais fatores para o programa captar o envolvimento dos jovens.

Chao Wen esclarece que o desempenho do município de Santos no Índice de Desenvolvimento da Educação de São Paulo (Idesp) aumentou em 24,7% de 2015 para 2016 (ano de implementação do programa).

O professor destaca ainda a ferramenta Homem Virtual como o recurso tecnológico de computação gráfica que permitiu iniciativas como aulas de conscientização e prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs).

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

Você pode ouvir a entrevista completa no player acima.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados