Programa do governo reúne informações de saúde em rede de dados

O Conecte SUS será implementado inicialmente em Alagoas e prevê a adesão dos municípios e das unidades de saúde da Atenção Primária

O governo brasileiro vem buscando formas de integrar dados de pacientes do SUS. No último mês foi lançado o Conecte SUS, programa que vai integrar as informações de saúde do cidadão em uma grande rede de dados. Com isso, os profissionais de saúde e gestores terão mais eficiência no atendimento e continuidade ao cuidado do paciente em qualquer tempo e lugar. Além disso, o paciente terá acesso às suas informações por meio do celular, computador ou tablet, utilizando apenas o CPF, além da decisão sobre compartilhamento de seus dados em saúde.

Jacson Venâncio de Barros, diretor corporativo de Informática no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP e diretor do Departamento de Informática do SUS, explicou a trajetória de implementação do novo software e quais são as suas principais características, e apontou como os dados de cada paciente vão ajudar tanto médicos e gestores da saúde quanto os próprios cidadãos.

Alagoas será o Estado piloto da implementação do Conecte SUS, que começa com a adesão dos municípios para informatização das unidades de saúde da Atenção Primária. Barros explicou os desafios que motivaram a escolha de Alagoas para o piloto do programa.

Confira acima a matéria completa.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.