“Privacidade Hackeada” alerta para manipulação de dados obtidos no mundo virtual

Guilherme Wisnik comenta o documentário que mostra o escândalo que envolveu a Cambridge Analytica e o Facebook

Na coluna desta semana, Guilherme Wisnik comenta o documentário Privacidade Hackeada, filme original da Netflix, que conta a história do escândalo que envolveu o Facebook no ano passado. A empresa de Mark Zuckerberg foi acusada de negligência em razão de a Cambridge Analytica ter coletado dados de 87 milhões de usuários sem autorização, provocando um abalo na confiança no Facebook, que virou alvo de investigações em diferentes países.

Com os dados coletados, a Cambridge Analytica, uma “empresa de comunicação orientada por dados”,  utilizou as informações “classificadas” dos usuários da rede social para influenciá-los em campanhas políticas, especialmente a do presidente Donald Trump à Presidência dos Estados Unidos.

Acompanhe no link acima a íntegra da coluna Espaço em Obra.


Espaço em Obra
A coluna Espaço em Obra, com o professor Guilherme Wisnik, vai ao ar toda quinta-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •