Preservativos são de extrema importância para a prevenção do HIV

Prevenção é parte importante para evitar a transmissão do vírus e cuidados vão além da relação sexual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

No segundo boletim Pílula Farmacêutica desta semana o assunto é a prevenção contra o vírus HIV, doença que necessita de cuidados específicos para que não haja transmissão para outras pessoas. O uso de preservativos durante qualquer tipo de relação sexual, por exemplo, é uma forma importante de prevenir a transmissão.

Existe, ainda, a possibilidade de transmissão do vírus durante o compartilhamento de objetos cortantes. Se instrumentos como navalhas, alicates de unha e lâminas não forem descartáveis, devem passar por uma esterilização. Há também preocupação com as gestantes, que devem fazer o teste para HIV e começar o pré-natal o mais rápido possível, além do uso de antirretrovirais para prevenir a transmissão.

O boletim Pílula Farmacêutica é apresentado pelos alunos de graduação da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da USP com supervisão da professora Regina Célia Garcia de Andrade. Trabalhos técnicos de Luiz Antonio Fontana. Ouça, no link acima, a íntegra do boletim.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados