Prejuízos constantes fazem “The Guardian” mudar formato

Para colunista, problema financeiro não será resolvido com essa decisão e precisará ser melhor equalizado

O jornal britânico The Guardian anunciou que começará a circular em formato tabloide em 2018. Essa mudança faz parte de um plano de três anos de redução de custos. Na coluna dessa semana, o professor e jornalista Carlos Eduardo Lins da Silva comenta a crise estrutural da imprensa e a situação do Guardian entre os leitores dos Reino Unido.

Ouça a coluna na íntegra.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.