Políticos devem dizer a verdade; eleitores precisam saber ouvi-la

Renato Janine Ribeiro fala das características que uma campanha política precisa ter para ser considerada ética

  • 330
  •  
  •  
  •  
  •  

Para ser considerada ética, uma campanha política deve ser a mais verdadeira possível. Este é o tema desta semana da coluna Ética e Política, do professor Renato Janine Ribeiro. “Na hora da campanha, muitas vezes tomam-se liberdades com a verdade, mas é desejável que isso não ocorra. Grandes mentiras podem tornar o governo, depois das eleições, pouco legítimo”, diz o colunista.

De acordo com Janine, quando os políticos mentem ou tomam liberdades com a verdade é porque, muitas vezes, as pessoas querem ser enganadas e acreditam que as coisas vão ser boas, que tudo vai mudar completamente e que sacrifícios não serão necessários.

“Existe um trabalho de amadurecimento da política que exige tanto do político, que ele diga a verdade, quanto do eleitor, que se disponha a escutar essa verdade”, destaca o colunista. Janine vai além, lembrando do papel da imprensa nesse processo: “Os jornalistas também precisam ser responsáveis para não detonar boas políticas públicas de forma demagógica”, destaca.

Ouça, no link acima, o áudio na íntegra.

  • 330
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados