Políticas públicas para violência devem ser mais bem avaliadas

A culpa na falta de avaliação de políticas públicas está dividida entre a sociedade

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Segundo o pesquisador Marcelo Batista Nery, os jovens são tanto as principais vítimas quanto os principais atores da violência no Brasil. Pesquisador do Núcleo de Estudos da Violência (NEV), ele considera que faltam estudos aprofundados para compreender o impacto das políticas públicas implantadas para combater essa grave questão social brasileira.

O pesquisador explica que a culpa na falta de avaliação de políticas públicas está dividida entre a sociedade. Enquanto as discussões acadêmicas têm pouco alcance fora do círculo de pesquisadores, ainda falta participação da sociedade civil em ações promovidas pelo poder público. Além disso, o sociólogo considera que a administração pública também erra ao se omitir na questão da transparência.

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados