Política Nacional do Idoso é um marco para essa faixa etária

Rosalina Rodrigues, da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto. conta que a política pública para idosos no Brasil é uma das melhores

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP

O envelhecimento populacional é um fenômeno global. O Ministério da Saúde diz que o Brasil tinha a quinta maior população idosa do mundo em 2016. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), chegou a 29,6 milhões o número de pessoas acima dos 60 anos de idade.

Foto: Divulgação / Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome – Governo Federal

Para a professora Rosalina Aparecida Partezani Rodrigues, da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP) da USP, a política pública para os idosos no Brasil é uma das melhores, mas ainda é preciso buscar novas conquistas. Segundo ela, o grande marco é a Política Nacional do Idoso, de 1994.

A professora ainda fala sobre os impactos econômicos e sociais do envelhecimento. Uma das medidas são os projetos sociais, que são procurados por idosos e que podem minimizar a sensação de solidão para essa população.

Ouça a entrevista no link acima.  
Por: Giovanna Grepi
.

.

.

Textos relacionados