Política externa brasileira muda no governo Temer

Para Rubens Barbosa, houve o fim da influência partidária e o retorno às origens do Mercosul

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na coluna de hoje, Rubens Barbosa fala sobre a política externa no governo Temer. Segundo ele, o Itamaraty sofreu as consequências dos 15 anos em que o PT esteve na Presidência e, agora, está passando por uma tímida modificação de atitude, pois a prioridade do governo brasileiro ainda é a economia, e não a política externa.

Barbosa também afirma que houve o fim da influência partidária, do apoio ao bolivarismo e da perseguição ideológica dentro do Itamaraty. Além disso, para ele, o Mercosul está voltando às suas origens, deixando a ênfase social e se restringindo a um acordo comercial.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados