Pocai uniu poesia e tipografia e fez arte de primeira grandeza

Marisa Midori comenta exposição sobre o mestre das artes gráficas, em cartaz na Cidade Universitária

O tipógrafo Elvino Pocai – que nasceu na Itália em 1881 e abriu sua primeira tipografia em São Paulo, em 1909 – transformou a união entre a arte poética e a arte tipográfica em expressão artística de primeira grandeza, segundo a professora Marisa Midori.

Em sua coluna Bibliomania, transmitida no dia 10 de maio de 2019 pela Rádio USP (93,7 MHz), a professora fez comentários sobre a exposição Elvino Pocai: Poeta das Artes Gráficas, em cartaz até 21 de agosto na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM) da USP (leia aqui matéria do Jornal da USP sobre a exposição).

Ouça no link acima a íntegra da coluna.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •