Plataforma ReSolution traz dados inéditos da população de São Paulo

A plataforma disponibiliza, de forma amigável para o usuário, indicadores de demografia, raça e imigração, religião, educação, renda e trabalho

A população da cidade de São Paulo cresce a cada ano e conhecê-la é muito importante. Neste sentido o Centro de Estudos da Metrópole da USP acaba de divulgar uma plataforma denominada ReSolution, com dados inéditos sobre a cartografia, mapeamento, a composição social e seu relacionamento sobre a Grande São Paulo. O professor Glauco Arbix cita como exemplo a concentração das populações branca, amarela, parda e negra na Região Metropolitana de São Paulo, que teve como indicador a cor e etnia. Na região central de São Paulo, nota-se que negros e pardos se localizam predominantemente no entorno dos bairros São Joaquim, Baixada do Glicério, Praça da Sé, Parque D. Pedro, São Bento e Luz, enquanto a população branca se concentra no chamado “centro expandido”, como Consolação, Pacaembu, Higienópolis e Jardim Paulista.

A plataforma proporciona a visualização simultânea no mapa e gráfico correspondente, assim como permite selecionar dinamicamente locais no mapa ou no gráfico. Permite ainda a consulta específica clicando-se na região de interesse ou ponto do gráfico para maiores detalhes. “Os pesquisadores trabalharam conceitos avançados de acessibilidade e forma coordenadas pelo professor Eduardo Marques, do Departamento de Ciência Política da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Observatório da Inovação.


Observatório da Inovação
A coluna Observatório da Inovação, com o professor Glauco Arbix, vai ao ar toda segunda-feira às 10h50, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.