Plásticos são considerados vilões do meio ambiente

Alexander Turra diz que é necessário um desenvolvimento tecnológico para minimizar os danos causados

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Snemann on Visual Hunt / CC BY-NC-ND

.

Hoje em dia, os produtos plásticos vêm sendo vistos como grandes vilões do meio ambiente por emitirem dióxido de carbono na atmosfera. O Brasil é um dos países que mais produzem lixo plástico no mundo e o que menos recicla. São 11 toneladas por ano. Cada brasileiro produz um quilo de lixo plástico por semana. Os dados fazem parte do relatório da organização não governamental WWF – Fundo Mundial para a Natureza.

 

Somente a reciclagem não é suficiente para conter o avanço do descarte e poluição na natureza, são necessárias outras medidas. Atualmente, somente  cerca de 145 mil  toneladas são recicladas. Um desenvolvimento tecnológico é necessário para que mudanças sejam realizadas, minimizando os danos causados. A população também pode contribuir, fazendo o descarte adequado. Alexander Turra, professor do Departamento de Oceanografia Biológica do  Instituto Oceanográfico da USP e responsável pela Cátedra Unesco para a Sustentabilidade dos Oceanos, lembra que “é possível produzir plástico a partir de matriz biológica, de forma que você não usa combustível fóssil para fazer esse tipo de produto”.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •